quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Estatuto Epistemológico da Pedagogia


Se tem algo polêmico dentro do campo da Pedagogia é a sua definição. Muitos teóricos ainda debatem se a Pedagogia pode ser considerada como uma ciência ou como uma aglomeração de várias ciências.

Como muitos pedagogos que apresentam esta dúvida, eu também refleti, neste espaço, sobre ela. Para tentar trazer uma visão mais ampla sobre o assunto, trago um dos referenciais teóricos mais importantes para tentar esclarecer tal indagação. O autor Albano Estrela, em sua obra Pedagogia ou Ciências da Educação, afirma que a Pedagogia ainda é considerada como um conjunto de ciências devido a sua ligação epistemológica com as chamadas Ciências da Educação tais como: a Psicologia, a Sociologia, a Economia. Essa dependência existe devido a complexidade de seu objeto de estudo: a Educação. Desta forma, somente seria possível torná-la uma ciência após definir seu objeto criando sua metodologia a partir de sua teoria.

Portanto, o Estatuto
Epistemológico da Pedagogia não apresentam um único viés, afinal é formado por três grupos que discutem a origem do conhecimento. São eles:

Os inatistas:
possuem uma epistemologia que afirma que o conhecimento nasce com o individuo;

Os ambientalistas:
esses defendem uma epistemologia a qual se fundamenta no conhecimento adquirido pelo meio; e

Os interacionistas: afirmam que o conhecimento nasce com o individuo e que se aperfeiçoa com o meio.

Diante desta análise, posso concluir que o Estatuto Epistemológico da Pedagogia apresenta definições distintas para cada visão do conhecimento. Após definir seu objeto de estudo, assim como para medicina seu objeto é o conhecimento do corpo humano e dos organismos que o afeta, ela poderá ser reconhecida como uma ciência.

5 comentários:

  1. Questão complicada essa mesmo... o que é educativo? O que é didático? O que é pedagógico? O que didático-poedagógico? Estas e tantas outras são questões não tão simples de responder, mas o referencial indicado aponta para um bom caminho nesta árdua tarefa de definição...

    Parabéns pelo texto!
    Há braços
    Paulo

    ResponderExcluir
  2. Disso, nada percebo...
    Será que vc é da minha família...?
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Um ponto a mais para curso, que infelizmente é desvalorizado por muitos!

    Talvez, pelos que desconhecem a complexidade das ciências estudadas!

    (Gostei muito do texto e vou utiliza-lo em meu blog!)

    Parabéns!

    ResponderExcluir